O júri da 6ª edição do Prêmio EDP nas Artes, composto por Artur Lescher, Diane Lima, Fabio Morais, Jonas Van Holanda, Luise Malmaceda e Virginia de Medeiros, anuncia os 10 finalistas da maior edição já realizada, com 464 inscritos de todo o país. O volume, mas sobretudo a qualidade dos portfólios, exigiu fôlego de análise, exercício democrático de questionamento, escuta e abertura ao encontro de pontos de convergência éticos e estéticos para a tomada de decisões. Procurou-se olhar para cada uma das 464 poéticas a partir de cada pesquisa de linguagem, cada contexto sociocultural, cada práxis particular, cada universo epistemológico, para, a partir desse olhar, construir os instrumentos de análise elucidados a seguir.

O intuito de possibilitar a inserção de novos artistas cujas práticas ainda não tiveram devida visibilidade foi uma das diretrizes, com atenção à especificidade do prêmio em sua proposta de acompanhamento dos selecionados em visitas de ateliê, contribuindo para o desenvolvimento de produções em processo de formação. Do mesmo modo, o olhar geográfico/geopolítico para além dos eixos hegemônicos buscou evidenciar o caráter de abrangência nacional do edital, a fim de favorecer o trânsito de ideias e o estreitar dos contatos entre regiões.

Refletir sobre como os artistas respondem aos contextos sociais pertencentes foi determinante na seleção, sendo a consistência e profundidade das pesquisas fatores privilegiados aos produtos finais apresentados. São enfatizadas produções comprometidas com a diversidade de olhares, que se arriscam a colocar corpos e epistemologias em perspectiva, de modo a friccionar as contradições do contemporâneo.

Os debates de relevância para uma nova geração, perceptíveis na amplitude dos portfólios inscritos, se não aparecem em sua totalidade nos 10 selecionados, foram guias para que o júri estabelecesse também o compromisso de captar irradiações da sensibilidade de um determinado espaço-tempo.

 

Artur Lescher

Diane Lima

Fabio Morais

Jonas Van Holanda

Luise Malmaceda

Virginia de Medeiros

Júri da 6ª edição do Prêmio EDP nas Artes

 

Agradecemos as inscrições dos 464 inscritos.

 

 OS 10 ARTISTAS FINALISTAS DA 6ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EDP NAS ARTES SÃO:

ANA CLÁUDIA DE ALMEIDA (ANA ALMEIDA)

(Rio de Janeiro – RJ, 1993)

ELILSON GOMES DO NASCIMENTO (ELILSON)

(Recife – PE, 1991)

IAGOR JOÃO BARBOSA PERES (IAGOR PERES)

(Rio de Janeiro – RJ, 1995)

JÉSSICA DE SOUZA LUZ (JÉSSICA LUZ)

(Araranguá – SC, 1992)

LUCAS EMANUEL FURTADO SOARES (LUCAS EMANUEL)

(Belo Horizonte – MG, 1994)

LUDMILA PORTO CIOFFI DE LIMA (LUDMILA PORTO) 

(São Paulo – SP, 1989)

LYZ COELHO DE SOUZA (LYZ PARAYZO) 

 (Rio de Janeiro – RJ, 1994)

MARIANA ROSADO FERREIRA (MARIE CARANGI) 

(Recife – PE, 1989)

MATHEUS DE SIMONE MACIEL (MATHEUS DE SIMONE)

(Rio de Janeiro – RJ,1994)

 RAFAEL JOSÉ BANDEIRA DA PENHA ( RAFAEL BQUEER) 

(Belém – PA, 1992)

 

Foram contemplados com a residência artística internacional, os artistas:

ELILSON NASCIMENTO

Premiado com residência artística no Atelier R.A.R.O. | Buenos Aires, Argentina.

IAGOR PERES

Premiado com residência artística no Centro de Arte Contemporáneo Lugar a Dudas | Cali, Colômbia.

MARIE CARANGI

Premiada com residência artística no Hangar – Centro de Investigação Artística | Lisboa, Portugal.